Benefícios da Cidadania Italiana

7 Benefícios da Cidadania Italiana

A cidadania italiana traz benefícios essenciais para quem consegue obtê-la, são incontáveis as portas que são abertas por essa realização.

Desde contar com a facilidade para investir em outros países a atravessar fronteiras mais tranquilamente, a dupla cidadania oferece muito mais.

Aqui no Brasil, são pelo menos 30 milhões de pessoas que descendem de italianos, sendo a maioria do Sul e Sudeste.

Nosso país foi um dos que mais recebeu massivamente italianos durante o final do século 19 e começo do 20.

Logo, não é de se impressionar que dezenas de milhares, todos os anos, procuram ter suas duplas cidadanias reconhecidas.

Com base em dados fornecidos pela Embaixada da Itália no Brasil, em 2018, foram emitidos cerca de 265 mil novos passaportes.

Esse número mostra um aumento de 71% nos dados que advém de 2017, ano anterior, que registrou 9.936 emissões.

Se você tem ancestralidade italiana e está curioso para saber os benefícios de uma dupla cidadania, continue lendo o texto.

Neste post, falaremos 7 benefícios da cidadania italiana e para que serve cada um.

Quem tem direito a cidadania italiana?

É claro que, para entender seus benefícios, é preciso entender quem tem direito e como conseguir cidadania italiana.

Mais do que isso, é preciso entender como funciona uma dupla cidadania também.

Com base nas leis da Itália, a nacionalidade do país pode ser concedida a descendentes de italianos.

Desde que seja comprovada, é claro, com base em documentos oficiais, como certidões de casamento, nascimento e óbito.

Essa papelada é utilizada para confirmar os laços de ancestralidade entre o solicitante da dupla cidadania e seu parente italiano.

Ao contrário de outros países, a Itália não impõe um limite de gerações para que a dupla cidadania seja efetivada.

Os 7 benefícios da cidadania italiana

Agora que você entendeu como funciona a cidadania italiana, chegou a hora de saber seus benefícios.

Ter essas vantagens em mente ajuda bastante, pois não só te deixa mais cativado, como também mais informado.

Principalmente se tratando da possibilidade de usufruir de grandes vantagens como estudar na Itália ou circular livremente pela Europa.

Abaixo, listamos mais uma série de benefícios que aparecem ao conseguir uma dupla cidadania:

1. Ter um dos passaportes mais poderosos do mundo: o italiano

O passaporte brasileiro, por si só, já é bem aceito em vários lugares pelo mundo.

Por sua vez, o italiano, consegue ser ainda mais, sendo eleito o terceiro passaporte mais poderoso do globo.

Ele permite a entrada sem vistos em pelo menos 188 países, ou seja, menos burocracias ao viajar.

Logo, quem conta com a dupla cidadania, pode contar com dois passaportes muito bons unidos.

2. Poder trabalhar em qualquer país pertencente à União Europeia

A União Européia é uma organização que une vários países pertencentes ao velho continente.

Entre os benefícios dados aos cidadãos que residem em países do bloco, está o de ir e vir tranquilamente entre os territórios.

Não só isso, mas também o de trabalhar livremente em nações como Espanha, Portugal e França.

Ou seja, em vários casos, a dupla cidadania não apenas reserva benefícios em território italiano, como também em outros lugares.

3. Residir em qualquer um dos países da União Europeia

Como cidadão italiano e pelos benefícios dados pela UE, é possível também morar legalmente em todos os 27 países da organização.

Inclusive, também é possível usufruir de benefícios como o auxílio-desemprego fornecido pela instituição.

4. Facilidade de acesso aos Estados Unidos e Canadá

A cidadania italiana também permite a entrada em alguns países que estão fora da UE, como os EUA e Canadá.

Os italianos podem passar cerca de 90 dias nos dois países sem um visto.

5. Estudar em universidades e outras instituições europeias

Como dissemos, os países pertencentes à UE têm parcerias entre si, incluindo a de estudar em escolas e universidades de outros países do bloco.

Logo, com uma dupla cidadania, é possível estudar em ótimas instituições alemãs, francesas e italianas, sem tanta burocracia.

Inclusive, essas universidades também oferecem descontos para cidadãos europeus.

Logo, será possível um estudo de qualidade com um preço mais baixo.

6. Direito à usufruir da saúde pública italiana

Agora, mais especificamente na Itália, é preciso lembrar que, assim como no Brasil, eles possuem um sistema de saúde público.

Os italianos contam com um dos sistemas de saúde mais funcionais e de qualidade do mundo, estando no top 10 em 2019.

Esses dados foram publicados na revista The Lancet Public Health.

7. Transmissão da cidadania aos descendentes

A cidadania italiana, quando reconhecida, também é destinada aos seus filhos que, por consequência, também se comprovam descendentes.

Logo, depois de ter a cidadania de um de seus pais comprovada, eles não precisarão mostrar documentos de outras gerações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.